Espólio Sarrafeiro
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Sarrafeir@s
Facebook
Share
Network Blogs
<
Related Posts Plugin for Blogs.
Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

 

 

 

 

 

Faz hoje 50 anos, ainda não era nascido, que se deram os acontecimentos que levariam a que 14 anos depois caíssem de “pára-quedas” na minha turma na então recém inaugurada escola secundária da Bela Vista em Setúbal, o último grito ao nível das escolas, ainda sem o gueto e sem guetos dentro do gueto como paisagem, um seres vestidos de modo estranho, sempre de camisa e sandálias de sola de pneu de camião, fizesse chuva ou fizesse sol, que tratavam as raparigas por garina e os rapazes por madiê, não sabiam onde parava a família desde que tinham dado à costa em Lisboa, mas moravam num hotel apesar de terem menos dinheiro que eu, não gostavam do Duo Ouro Negro porque era música para enganar europeu e em contrapartida ouviam Osibisa, Miriam Makeba, Fela Kuti, e Jorge Mendes & Brasil 66, umas coisas muuuuuitos boas que me deram a conhecer e das quais nunca mais me esqueci, numas festas que organizavam aos sábados à tarde, farras de seu nome, e para as quais me convidavam. A estrela que “traziam cozida” na banda do casaco dizia “Retornado” mas na realidade eram refugiados porque ninguém retorna a uma terra que não o viu nascer, e vestiam assim porque era o que tinham em cima do pelo no dia da partida. Ainda hoje somos amigos.

 

(Em stereo)

 

(Na imagem mapa do império colonial português igual ao que havia na parede da minha sala de aulas na escola primária)

 

 

 

 

 

 

 



Uma Sarrafada de: Mr Simon às 20:07
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (1)

Terça-feira, 7 de Setembro de 2010

 

 

Esta coisa dos Direitos Humanos, e da defesa dos mesmos, é muito interessante. Primeiro dá jeito para aparecer (ainda mais) na televisão, contar cabeças e receber pancadinhas nas costas como quem diz "Agora é que os tramaste!" a caminho do P'apa Açorda para um jantar.
Em segundo lugar fica sempre bem ser-se defensor de qualquer coisa a dar para o humanitário (nem que seja o direito à auto-determinação das focas na Ilha da Páscoa) porque isso é que é ser de esquerda e a malta tem que acompanhar as modas e isso assim.

 

Para eles o mapa do mundo dos direitos humanos misteriosamente excluí os países com quem o actual governo Português mantêm excelentes relações. Venezuela? "Ah sim, acho que prenderam lá uma Sra. Dra. juíz não sei quê..." Angola? "Ah, em Angola não se passa nada, eles até estão a pagar o dinheiro todo às empresas Portuguesas" Líbia? "Oh meu amigo, a Líbia é um paraíso dos direitos humanos quando comparada com os Estados Unidos".

 

Para o resto dos mortais que se preocupa com os direitos humanos e com a liberdade de expressão o mapa mundo é igual ao mapa mundo geográfico independentemente se o país é amigo do Governo nacional. Isto acontece por uma razão simples, tão simples que é capaz de escapar a pessoas que passam o tempo a pensar, reflectir e debater tudo e mais um par de botas: os direitos fundamentais de todos os seres humanos não têm país, religião, género ou filiação partidária. Obviamente, a filiação partidária é que lixa isto tudo para esta gente. É pena.


Mas mais um pequena nota ainda: da mesma maneira como penso que esta esquerda bem pensante só dá tiro nos pés ao ter esta atitude, também não me convence - e dá-me vontade de rir - quando a direita cinzenta se lembra que existem violações dos direitos humanos na Venezuela apenas quando um empresário entra em greve de fome. Tenham paciência! Mais valia estarem caladinhos a apreciar relatórios de contas ou corrigir os erros de Português na Proposta de Proposta de Proposta de Revisão Constitucional.


 

 

 

Leituras

Venezuela: Close Chavez's New Censorship Office

Angola: Oil Wealth illudes Nation's poor

Lybya: Human Rights Watch Report



Uma Sarrafada de: FF às 10:15
Link | Concentre-se a comentar

Quarta-feira, 2 de Junho de 2010

 

 

 

 

Como a anedota do menino Joãozinho que já não faz ninguém rir - vá lá um sorriso amarelo - por mais velha que o cagar de cócoras, mas que ainda assim é ciclicamente ressuscitada pelas novas gerações no bê-a-bá do ensino básico para quem aquilo soa a novidade e descoberta, também a famosa carta de Rosa Coutinho é ciclicamente ressuscitada pelos ressabiados da descolonização e do 25 de Abril. Basta ler alguns dos blogues que linkam para esta notícia. O Pacheco Pereira explica. Trolls.

 

(Em stereo)

 

(Imagem)

 

 

 



Uma Sarrafada de: Mr Simon às 21:05
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (3)

Segunda-feira, 26 de Abril de 2010

 

A notícia saíu às 19:28h e imediatamente gerou comentários no Twitter, i.e., tornou-se verdade. O que é facto é que o Diário Económico errou e dois minutos modificou a notícia bem como o título da mesma , menos chamativo mas mais verdadeiro. Obviamente, que nem uma errata, nem um pedido de desculpa, nada (O URL manteve-se com o título bombástico). É isto que é jornalismo? Continuo a preferir ser um blogger.



Uma Sarrafada de: FF às 22:46
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (1)

Sábado, 9 de Janeiro de 2010

O que aconteceu em Cabinda?

 

O que aconteceu é que o Comandante Jimbi das FLEC queria mesmo chamar a atenção da comunidade internacional para a sua luta. O facto de estar uma escolta de militares angolanos,  a acompanhar o autocarro da selecção do Togo,  foi apenas a desculpa para poder atacar impunemente. Aquela coisa de serem apanhados no fogo cruzado não convence nem a abelha Maia.

 

Tem toda a razão a CatMagellan quando escreve no Twitter:

"Hello ministro Luís Amado! Solidariedade com Angola?! E para oTogo, nada? nem um palavrinha? Foda-se!"

 


sinto-me: Indignado x 2

Uma Sarrafada de: FF às 21:35
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (1)


Sarrafadas Frescas

|| O princípio do fim

O Mapa dos Direitos Human...

|| A anedota do menino Jo...

"Portugal vai doar 800 Mi...

Togo, Cabinda e Amado

Comentários Fresquinhos
  • Fazer asneiras e ser bem sucedido e bem pago pelos...
  • Não é reteu, é reteve
  • o tunning é uma arte quando bem feito , tudo tem o...
  • O que esconde o Estado Português sobre o naufrágio...
  • Saiba mais sobre o misterioso naufrágio do navio B...
  • subscrever feeds