Espólio Sarrafeiro
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Sarrafeir@s
Facebook
Share
Network Blogs
<
Related Posts Plugin for Blogs.
Quinta-feira, 31 de Março de 2011

Do discurso do nosso bem-amado Presidente, ficou-se-me no cérebro uma frase: porque fala directamente de mim, mas não sei bem em que qualidade...

"Temos a obrigação de defender o regime democrático, a nossa economia e o bem-estar dos cidadãos e das suas famílias."

Vai daí, tou-me pràqui a cogitar (adoro usar palavras caras pra fingir que sou uma intelectual assim tipo Doutor Pacheco Pereira), tou a cogitar, dizia eu, sobre o meu estatuto: sendo eu portuguesa - nada e criada neste rectângulo à beira-mar quase-afundado - , farei parte da categoria cidadão, ou da categoria familiar de cidadão?
E a pertencer à categoria familiar de cidadão: sou familiar do meu marido, o Arnaldo Serôdio? ou da minha filha, a Cèlinha Rosiva Serôdio??? ou ainda da Lizandra, minha irmã mais velha e, por assim dizer, a chefa da família desde que Mãe Máxima se foi por força da idade? ou ainda, de um ponto de vista um 'cadinho mais marialva, serei familiar do mano Hipólito - o irmão rapaz mais velho, embora o terceiro a nascer?

 

Ou seja: daqui até às eleições, em vez de me preocupar a analisar os programas dos partidos, ouvir aqueles debates chatos-de-partir-pedra nas TVs, vou estar ocupadíssima a tentar perceber qual é, afinal, o meu papel neste cosmos...

Parafraseando o Doutor Pacheco no seu maravilhoso programa de humor "Ponto Contra Ponto" isto sim, é verdadeira Dinamite Cerebral!

E disse!

 

P.S. Pra quem não viu/ouviu o discurso de Sua Excelência o Senhor Presidente da República Professor Aníbal Cavaco Silva, fica o linquezinho.



Uma Sarrafada de: Vitriólica às 22:00
Link | Concentre-se a comentar

4 comentários:

teresa @ 22:25

31/3/11

Agora fiquei com essa dúvida também!
Mais um problema a ocupar a minha pobre cabecinha!

Andre @ 01:20

1/4/11

Agrada-me perceber que, no meio de tudo o que ouviu, apenas conseguiu "pegar" em tão insignificante questão de retórica. Como só reteu isso, conclui-se que concorda com tudo o resto. Cordialmente.

Não dou a cara mas gosto de comentar @ 20:11

20/1/15

Não é reteu, é reteve

Pedro Figueiredo @ 02:13

1/4/11

Eu retive tanto como quando vou às Finanças tratar de algum assunto: muitas das vezes nem eles sabem bem o que dizem aos contribuintes.

Desta vez, nem a data das eleições conseguiu dar de novo e a culpa nem foi do Marcelo Rebelo de Sousa. Pergunto-me, não raras vezes, se trabalha alguém em Belém...

Comentar post

Sarrafadas Frescas

Muda de troika se não est...

Liga Europa: Uma fé inaba...

Liga Europa: Obrigado pel...

Dear Europe

Há crise???...

Liga Europa: O pesadelo d...

Oiçam bem esta voz!

|| Eu a falar sozinho

Liga Europa: Arigato nucl...

Não usem o direito a tort...

Comentários Fresquinhos
  • Não é reteu, é reteve
  • o tunning é uma arte quando bem feito , tudo tem o...
  • O que esconde o Estado Português sobre o naufrágio...
  • Saiba mais sobre o misterioso naufrágio do navio B...
  • Aprecio muito o seu blog. Todos os dias tenho visi...
  • subscrever feeds