Espólio Sarrafeiro
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Sarrafeir@s
Facebook
Share
Network Blogs
<
Related Posts Plugin for Blogs.
Sábado, 11 de Setembro de 2010

 

 

O tema é incontornável neste dia: há 9 anos atrás um ataque terrorista - para muitos ainda envolvido nas mais variadas teorias de conspiração - deitava por terra as torres gémeas em Nova Iorque e, com este ataque começavam os ataques a tudo e mais alguma coisa, sendo o mais notório o ataque ao Iraque ao abrigo de informações ultra-secretas, tão secretas que afinal nem existiam.

 

Nove anos passados, o chamado ground zero continua a servir para tudo e mais alguma coisa, sendo usado e abusado pelos mais conservadores. Até posts disfarçados de cordeiro não são mais do que lobos com os dentes arreganhados a lançar o fantasma: o mundo Muçulmano quer destruír a nossa civilização. Não interessa que o mundo Muçulmano seja feito, como o mundo ocidental, de radicais e de moderados, de fanáticos e de pessoas abertas ao diálogo; Não interessa que a dependência do petróleo do mundo Ocidental tenha gerado guerras em nome da liberdade. Nada disto interessa! O que interessa é continuar a instigar o medo pois o medo traz benefícios e, a coberto dele, podem-se sempre tirar mais umas liberdades individuais que, sem esse medo, nunca ninguém iria permitir.

 

A polémica mais recente é o mito da mesquita no ground zero. A direita conservadora bem pensante, e sempre bem informada, sabe que mente quando escreve as palavras "mesquita no ground zero" mas escrever estas palavras tem muito mais impacto do que "um centro de comunidade onde o diálogo entre as diversas religiões será incentivado, situada a alguns quarteirões de distância do ground zero". Além disso é mais curto de se escrever e os meninos não se cansam tanto, que isto de escrever é uma trabalheira.

 

É interessante de observar que o incentivo à iniciativa privada aqui deixa de funcionar: as pessoas que querem construir o centro comunitário são legítimas proprietárias do terreno mas, como está a uns quarteirões de "solo sagrado", já não o podem fazer.

 

Tenham paciência, sim?

 

PS: Todos os anos surge mais uma polémica quando estamos próximos do aniversário do atentado. Desta feita não só a mesquita mas a mensagem que se anda a espalhar que o governo Iraquiano anda a queimar as bíblias dos soldados americanos. A verdade sobre isso chega via CNN num artigo de... 2009.

 

 

Imagem: WallyG via Flickr (CC by-nd-nd)



Uma Sarrafada de: FF às 16:10
Link | Concentre-se a comentar

5 comentários:

Luis Moreira @ 14:24

12/9/10

É tudo capaz de ser verdade, mas o que eu gostaria de saber é como se chega a essa ideia, tendo em vista estarmos na cidade centro do mundo e num terreno no centro de NY.Como é que alguem se lembrou de construir ali uma mesquita ou um centro? Um altruista, por certo...

FF @ 14:32

12/9/10

Caro Luís Mesquita,
Como é que se chega a que ideia? Construir o que se quiser num terreno privado? Penso que tem a ver com o facto de cada um poder construir o que muito bem quiser naquilo que é seu obedecendo a regras básicas de construção, não de conteúdo.
Ou será que defende agora a intervenção do Estado que deverá decidir à priori o que se pode ou não construir numa determinada área?
E onde é que isso vai parar, se assim for?

Luis Moreira @ 18:40

12/9/10

Eu não defendo que o estado vá lá meter o nariz, nem por sombras.Mas acho piada que, num terreno naquele sítio, para onde haverá montes de ideias, caríssimas, todas a dar dinheiro às pazadas, alguem se tenha lembrado de um "centro..." para sermos todos amigos. Acha natural? na cidade centro do mundo? no país onde mais e melhor se rentabilizam os activos? Sou do estrolabio.blogspot.com> lá o 11 de Setembro foi o do Chile...

FF @ 18:43

12/9/10

Caro Luís,
Cada um rentabiliza o dinheiro como quer e o projecto do centro comunitário tem alguns espaços orientados para o lucro, tal como um centro de dia.

Luis Moreira @ 20:13

12/9/10

rentabiliza como quer é óbvio, mas rentabilizar com um centro para conversas religiosas...há mil projectos mais rentáveis para aquele lugar. mas é sempre possível rentabilizar de outras formas. Olhe por exemplo, já todo o mundo fala no assunto!

Comentar post

Sarrafadas Frescas

Muda de troika se não est...

Liga Europa: Uma fé inaba...

Liga Europa: Obrigado pel...

Dear Europe

Há crise???...

Liga Europa: O pesadelo d...

Oiçam bem esta voz!

|| Eu a falar sozinho

Liga Europa: Arigato nucl...

Não usem o direito a tort...

Comentários Fresquinhos
  • Não é reteu, é reteve
  • o tunning é uma arte quando bem feito , tudo tem o...
  • O que esconde o Estado Português sobre o naufrágio...
  • Saiba mais sobre o misterioso naufrágio do navio B...
  • Aprecio muito o seu blog. Todos os dias tenho visi...
  • subscrever feeds