Espólio Sarrafeiro
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Sarrafeir@s
Facebook
Share
Network Blogs
<
Related Posts Plugin for Blogs.
Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

 

 

(onde se troca por miúdos as acções da PT; tende paciência: mas este post vai a dobrar e os leitores do meu blog gostam de tudo bem explicadinho)

 

 

Hoje o Estado Português puxou das suas maiúsculas e galões dourados e exerceu o seu "direito" de ir contra a decisão de quase 80% dos DONOS de uma empresa PRIVADA de vender, por um preço que estes DONOS da empresa-mãe consideraram razoável, uma empresa subsidiária ao outro sócio dessa mesma empresa subsidiária.

 

A escolha da data para a Assembleia Geral onde se decidiu a venda por maioria dos donos e depois se boicotou a mesma venda por uma minoria de outro dono, veio mesmo a calhar: no dia seguinte a um remake de Aljubarrota, desta feita ganha pelo inimigo e na semana antes da decisão do Tribunal Europeu em acabar com as goldens shares. Na Batalha da PT/Telefónica, ganhou o autismo português.

 

O que é que ganha a PT e o país com isto, para além de assistirmos a esta coisa bizarra de ver a esquerda defender um salazarento "orgulhosamente sós?". Nada. Mas se fosse nada, era simpático. O problema é que as bolas de neve começam a rolar devagarinho e depois levam tudo à frente.

 

Amanhã a PT vai abrir em queda. Hoje, como ainda se fartou se subir antes da suspensão de transacção e só voltou ao mercado depois das 3 da tarde, não se notou muito. Amanhã cai tudo, arrastado pelo dumping da PT, pelas vendas automáticas e pela TOTAL DESCONFIANÇA no mercado, que esta porra causou. É que esta merda não é orgulhosamente sós, pá! Os mercados são internacionais, Portugal está numa situação complicadíssima, mas assim não há operação de charme a pedinchar dinheiro que nos valha. O sinal hoje foi: "venham cá investir, mas nós é que mandamos, mesmo contra as leis vigentes no mercado e na tal UE que não interessa para nada quando for para defender aquilo que é nosso". Como se, ainda por cima, essa expressão "defender o que é nosso" quisesse dizer alguma coisa. A PT é dos accionistas, não é "nossa". Enquanto for sedeada em Portugal, é uma empresa portuguesa, sujeita às nossas leis. Os donos podem ser portugueses, espanhóis, chineses ou marcianos, o que interessa é que seja bem gerida e crie riqueza e emprego e essa coisada toda. Até parece que ter um dono como o Estado português é sinal de alguma eficiência acrescida!

 

Daqui a uns dias, quando o Tribunal Europeu se pronunciar sobre a ilegalidade das goldens shares e quando o preço das acções da PT tiver mesmo lá no rasinho em baixo, admirem-se que a Telefónica lance uma OPA sobre a PT. Pois é. E se não for a Telefónica e quando isto estiver mesmo em saldos, empurrado por decisões políticas de "defesa do que é nosso" sem pensar nas consequências, não se preocupem: do lado de lá do mundo, nas terras do sol nascente, o que não falta é liquidez e vontade de dominar o ocidente.

 

(Créditos de imagem: Anssi Koskinen via Flickr sob uma Licença CC)



Uma Sarrafada de: Catarina Campos às 22:28
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (2)


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 21:06
Link | Concentre-se a comentar

É bom que o Sócrates não seja católico. É que a partir de hoje nunca mais pode contar com o Espírito Santo.

 

 


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 21:04
Link | Concentre-se a comentar

 

O "31 da Sarrafada" já tem uma posição não unânime sobre o negócio da VIVO:

Que se lixe!

Já não bastava os Castelhanos terem ganho ontem quanto mais ganharem hoje outra vez, mas se ganharem também não interessa nada, pois a VIVO é lá tão longe que o sinal nem chega cá.

 

 


sinto-me: Preparados para o Combate

Uma Sarrafada de: 31 da Sarrafada às 08:09
Link | Concentre-se a comentar


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 07:28
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (1)


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 06:39
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (1)

Terça-feira, 29 de Junho de 2010

 

 

 

O "24h" esgotou no sítio do costume e apanhei-me a folhear (nesse mesmo sítio onde estão a pensar) uma tal de revista Happy.

 

Fiquei a saber que é "imprescindível a sobreposição de colares" (?) e que em Lagos há um tal de sítio onde o oceano é o único "voyer".

 

Alguém me arranjar um Correio da Manhã? É que fiquei a voyer navios e não tenho aqui colares nenhums.


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 23:39
Link | Concentre-se a comentar

 

Com “a menina” (sem menosprezo pelas meninas do futebol feminino) constantemente sentada no gramado (acordo ortográfico oblige) a olhar para o árbitro, a explosão não se deu, o ketchup não saiu. Queres ketchup?

 

 

 

 

 

 

 

 



Uma Sarrafada de: Mr Simon às 22:20
Link | Concentre-se a comentar

E continuo aqui a pensar que se a selecção perde Sócrates não chega ao final do campeonato do Mundo.


Uma Sarrafada de: FF às 19:23
Link | Concentre-se a comentar

29062010620.jpg



Uma Sarrafada de: 31 da Sarrafada às 18:39
Link | Concentre-se a comentar


tags:

Uma Sarrafada de: FF às 15:50
Link | Concentre-se a comentar

Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

 

Se a Joana Amaral Dias fosse 1ª Ministra não me importava nada que o Estado andasse no banco de trás do meu veículo.


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 23:32
Link | Concentre-se a comentar

 

A peça "jornalística" é nada mais do que um anúncio a uma aplicação ilegal (paga) e que promove algo ilegal e que faz com que qualquer utlizador de um iPhone que a use perca de imediato a garantia do seu equipamento.

Ao final do anúncio da notícia o escriba ainda pergunta aos seus leitores:

"O que acha deste tipo de aplicações? Considera-as ilegais? Acha que faz sentido cobrar por um crack? Tem um iPhone desbloqueado?"

 

Eu tenho uma pergunta para o escriba, que não está identificado: Está parvo de todo?

 

Via João Goulão no Twitter


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 21:37
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (1)

 

 

1. A maior atracção da noite foram os dois musculados rapazes, em cima de dois bidons, que foram fotografados dezenas de vezes ao lado de raparigas. O estereótipo YMCA no seu pior a fazer a alegria de muitas moçoilas.

 

2. As "Chicks on Speed" deram um concerto fantástico, bastante melhor do que tinha vista no SONAR em Barcelona, e o momento de invasão de palco consentida, ao final do concerto, também foi muito bem conseguido. Kudos!

 

3. Muitas pessoas foram ao Terreiro do Paço "só para ver" o que demonstra que muito ainda tem que ser feito em termos de mentalidade da sociedade em geral.

 

4. A piada da noite foi sem dúvida a frase "Amor ao primeiro visto" tal não eram a quantidade de jovens Brasileiros a "apaixonarem-se" perdidamente pelos já-não-tão rapazes Portugueses.

 

5. Rui Murka deu provavelmente o mais embaraçoso prego da sua carreira como DJ.

 

6. Continuo a pensar que meter alguém como a Maya no meio de tudo isto é um erro de casting. Aquele anúncio das festas que anda a organizar soou a chouriço. A frase "Homens! Se algum se quiser reconverter eu estou disponível" é de uma tristeza e estupidez que em outros países teria merecido bem mais do que silêncio: teria merecido uma imensa vaia.

 

7. Os vestidos de noiva... sem comentários. É por estas e por outras que as pessoas vão lá ver o freak-show. Podem fazer um favor e deixarem-se dessas paneleirices? Ajudava a causa, a sério.


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 09:08
Link | Concentre-se a comentar

 


Expliquem-me como se eu fosse muito burro:

1. Marcelo Rebelo de Sousa tem páginas no SOL?

2. Se quem comenta é "a melhor sociedade de Cascais" não sabe que não se fala de "boca cheia"?

3. É impressão minha ou a "notícia" está incompleta?


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 08:43
Link | Concentre-se a comentar | Charters de comentos (2)


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 08:00
Link | Concentre-se a comentar

Vai correr tudo bem, afinal são só cinco minutos.


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 07:59
Link | Concentre-se a comentar

"FIFA não comenta erros de equipas de arbitragem e recusa novas tecnologias"

 


sinto-me:

Uma Sarrafada de: FF às 06:55
Link | Concentre-se a comentar

Domingo, 27 de Junho de 2010

 

 

 

«Eu gosto de políticos que gostam de Camões»

 

 

 

 



Uma Sarrafada de: Mr Simon às 12:39
Link | Concentre-se a comentar

 

 

 

Depois da Ode Marítima:

 

 

"Camões, grande Camões, quão semelhante
Acho teu fado ao meu, quando os cotejo!
Igual causa nos fez, perdendo o Tejo,
Arrostar co'o sacrílego gigante;

(…)


Ludíbrio, como tu, da Sorte dura
Meu fim demando ao Céu, pela certeza
De que só terei paz na sepultura.

Modelo meu tu és, mas... oh, tristeza!...

Se te imito nos transes da Ventura,
Não te imito nos dons da Natureza.
"

 

(*)

 

(Imagem)

 

 

 

 



Uma Sarrafada de: Mr Simon às 10:03
Link | Concentre-se a comentar

Sarrafadas Frescas

Muda de troika se não est...

Liga Europa: Uma fé inaba...

Liga Europa: Obrigado pel...

Dear Europe

Há crise???...

Liga Europa: O pesadelo d...

Oiçam bem esta voz!

|| Eu a falar sozinho

Liga Europa: Arigato nucl...

Não usem o direito a tort...

Comentários Fresquinhos
  • Fazer asneiras e ser bem sucedido e bem pago pelos...
  • Não é reteu, é reteve
  • o tunning é uma arte quando bem feito , tudo tem o...
  • O que esconde o Estado Português sobre o naufrágio...
  • Saiba mais sobre o misterioso naufrágio do navio B...
  • subscrever feeds